Estúdio Audio Lisbon com sistema imersivo Genelec – Case Study

2019 - Versão Portuguesa do Press Release / Case Study original Genelec sobre o projeto no novo estúdio da Audio Lisbon.

Carnaxide, Portugal.

Os monitores ativos inteligentes da Genelec são centrais no setup imersivo do recente estúdio de pós-produção da Audio Lisbon em Portugal. A instalação foi criada especificamente para ajudar este estúdio a projetar-se para os mercados internacionais, com um sistema de monitorização 7.1.4 de forma a agregar mais valor aos serviços que já oferece.

A Audio Lisbon trabalhava há muito tempo com uma versão 5.1, e por isso, a perspectiva de poder lidar com conteúdo totalmente imersivo era naturalmente o próximo passo. “Sendo um estúdio concebido de raiz, pareceu-nos lógico planear e instalar este formato logo de início, para evitar fazer alterações no futuro,” explica Pedro Carvalho, Partner na Audio Lisbon. “Também é uma forma de podermos oferecer outras soluções aos clientes habituais, bem como atrair novos clientes de outros mercados.”
Depois de tomar essa decisão, o próximo desafio foi encontrar as ferramentas certas para aprimorar o fluxo de trabalho do estúdio. “Ponderámos várias marcas e sistemas para monição em som imersivo” lembra Pedro Carvalho. “Pretendíamos monitores ativos nearfield com auto-calibração, com SPL adequado ao volume da sala e que tivessem conectividade AES/EBU, para ligação ao nosso interface AVID MTRX. E claro, teriam de soar bem!”
Foi nesse ponto em que o distribuidor português da Genelec, a Garrett Audiovisuais, se envolveu no projeto. “Desde que a Genelec lançou a série de monitores coaxiais The Ones, ficamos curiosos em saber o que estes modelos poderiam fazer”, diz Pedro Carvalho. " Depois de uma visita às instalações da Garrett pudemos ouvir o modelo 8351 e as dúvidas dissiparam-se."
Trabalhando com Marcelo Tavares, da Audiodesigner para o projeto acústico, e Paulo Mendes, para o desenho técnico e instalação, a Audio Lisbon optou por uma solução exclusiva Genelec 7.1.4 Smart Active Monitoring. Os monitores coaxiais 8341A foram instalados nas posições LCR, enquanto os monitores 8340A foram usados para os pontos laterais e traseiros, e os monitores 8330A lidam com os canais do teto. Também foram instalados dois subwoofers, para trabalhar com o conteúdo LF e garantir a gestão de graves do sistema. Um subwoofer 7370A foi acoplado aos monitores frontais e surround, enquanto o modelo 7360A, mais compacto, foi escolhido como parceiro dos monitores de teto.
Após a instalação do sistema, Pedro Carvalho mencionou a possibilidade do ajuste fino com o software de calibração GLM como “a cereja no topo do bolo”. “Embora tivesse absoluta confiança no trabalho do Marcelo em termos acústicos, é uma vantagem enorme poder ter um sistema que corrige pequenas anomalias na acústica da sala e possibilita ter calibrações diferentes de 2.0 até 7.1.4, de uma forma prática e eficaz.,” realça.
Com o novo estúdio de pós-produção agora totalmente operacional, Pedro Carvalho está mais que satisfeito com os resultados alcançados e particularmente com os novos monitores. “Sou fã destes modelos concêntricos, a qualidade e detalhe sonoro é impressionante, a relação tamanho/potência é surpreendente. Mesmo tendo optado por uma mistura entre modelos concêntricos e modelos convencionais para o nosso sistema, o equilíbrio obtido é bastante bom. Também têm uma boa gama dinâmica e boa resposta nos transientes. Este investimento representa uma aposta de expansão para outros mercados a nível nacional e internacional.”

 

Siga a Audio Lisbon em www.audiolisbon.tv

Modelos Genelec usados neste projeto

3 uni. - 8341 SAM™ Studio Monitor

4 uni. - 8340A SAM™ Studio Monitor

4 uni. - 8330A SAM™ Studio Monitor

1 uni. - 7370A SAM™ Studio Subwoofer

1 uni. - 7360A SAM™ Studio Subwoofer

Posted in 2019, Genelec, Notícias, Novidades, Portfolio.